PURIM

-

Existe uma brincadeira, dentro da comunidade judaica, de que no fim todas as festas tem um mesmo viés: “tentaram nos matar, sobrevivemos, vamos comer!”. Em Purim, que vamos comemorar nessa quarta feira, não é muito diferente.

A Festa de Purim comemora a salvação do povo judeu na antiga Pérsia da trama de Haman “para destruir, matar e aniquilar todos os judeus, jovens e velhos, crianças e mulheres, num único dia.”

Graças a D´us, a Rainha Esther e Mordechai não deixaram que isso ocorresse.

Para lembrar dessa data, existem várias “mitzvot” que devem ser cumpridas:

OUVIR A LEITURA DA MEGUILÁ

Para reviver os milagrosos eventos de Purim, ouvimos a leitura da Meguilá (Rolo de Ester) à noite, e uma vez mais no decorrer do dia. As duas leituras são obrigatórias.
Quando o nome de Haman for mencionado faz-se barulho com o reco-reco.
A leitura é ouvida atentamente para que nenhuma palavra seja perdida.

PRESENTEAR OS NECESSITADOS

Interesse e dedicação para com os necessitados é uma responsabilidade durante o ano todo. Particularmente em Purim, a mitsvá mais importante é lembrar dos menos afortunados. Dê um donativo a pelo menos duas pessoas carentes no decorrer do dia. A melhor maneira de cumprir esta mitsvá é através da doação direta. Se por acaso não encontrar nenhuma pessoa nessas condições deposite algum dinheiro nas caixinhas de tsedacá.

ENVIAR ALIMENTOS COMO PRESENTE

Em Purim enfatizamos o mérito da união e amizade judaicas, enviando aos amigos dádivas sob forma de alimentos. Mande durante o dia de Purim, a pelo menos um amigo, no mínimo duas espécies comestíveis casher (no mínimo, 30g para sólidos e 86ml para líquidos) prontas para comer (por exemplo: doces, frutas, bebidas, etc.).

PARTICIPAR DE UMA REFEIÇÃO FESTIVA

Como em todas as festas, uma refeição especial é feita para celebrar Purim (incluindo carne e vinho), quando familiares e amigos se reúnem para comemorar a data.

Referências: http://pt.chabad.org

 

Compartilhe esse texto