Rosh Hashaná 5779

-

No segundo domingo de setembro ao entardecer os judeus do mundo inteiro celebrarão o Ano Novo Judaico também conhecido como Rosh Hashaná. A tradução ao pé da letra significa cabeça do ano, ou seja, é o primeiro dia do ano de 5779.  Nesta Festa Judaica existem vários costumes como ir a sinagoga, ouvir o shofar, comer alimentos adocicados e enviar mensagens aos amigos.

Em Rosh Hashaná, temos a tradição de comer alimentos adocicados além de beber vinho doce após fazer as bênçãos também. Isto representa a esperança de um ano de fartura para o sustento e doçura nas suas relações pessoais. Durante todos os shabatot do ano, comemos a chalá no formato comprido com duas pontas com sal, no entanto, nesta época do ano a chalá é moldada em forma redonda sem arestas para simbolizar o ciclo da vida com um período sem adversidades e principalmente mergulhamos em um pote com mel bem doce.

Outro costume é comer uma nova fruta que durante o ano anterior não foi consumida e pronunciamos a benção de shehecheyanu. Uma grande maioria dos judeus tem o hábito de usar a romã para esse ritual. Ela é uma das sete espécies de plantas com as quais a Terra de Israel foi abençoada por essa razão é especial. Todos sabem que essa fruta tem inúmeras sementes dificilmente de serem contadas. Assim, os sábios dizem que as 613 sementes são correspondentes ao número de  613 mitzvot (boas ações/obrigações) da  Torah, a Bíblia Sagrada.

Nos dias que celebramos Rosh Hashana na sinagoga podemos observar dois tipos de pessoas, têm aquelas que irão abrir o livro e rezar com devoção ou outros judeus irão ficar sentados sem livro e conversarão com D´s de forma particular. A maneira de fazer as suas preces não será julgada, neste dia de aniversário do Universo, o sexto dia da Criação do Mundo quando D´s fez o primeiro Homem, Adão. E ainda tem aquelas que irão para sinagoga reencontrar pessoas que não veem o ano todo, assim possibilitando uma oportunidade de iniciar o outro ciclo cheio de novos encontros com velhos amigos. O principal é na hora do toque do shofar, todos estarão unidos em uma só sintonia, com pensamentos voltados para pedir, agradecer e abençoar a vida na qual siga um caminho de saúde e dignidade. Todos devem respeitar uns aos outros porque Ele olha por todos com devido carinho.

No mundo agitado e alvoroçado que vivemos, Rosh Hashana ajuda a pararmos um pouco e fazermos uma boa ação como a tsedaká, ou seja, ajudar aquelas famílias judias com dificuldades financeiras  a ter uma mesa bonita com todas essas simbologias nesta noite significativa. Muitas entidades e instituições fazem a sua parte ao resgatar a venda do antigo carinhoso cartão de papel onde ao comprar você pode enviar com uma mensagem inspiradora de um bom ano para uma pessoa querida e ao mesmo tempo estará ajudando essas famílias.

Nesta época o fundamental é estar plena, leve e feliz consigo mesma e com os outros em sua volta para que mesmo no mundo tecnológico que vivemos, seja através de mensagem no Whatsapp ou e-mail você possa desejar SHANÁ TOVÁ UMETUKÁ (um ano bom e doce) para todos seus amigos e familiares e ser inscrita no Livro da Vida.

Daniela Jarczun Fridman | Pedagoga, psicopedagoga, professora particular de disciplinas do Fundamental 1

E-mail: danijfridman@gmail.com

Compartilhe esse texto