7 dicas – Estilo para gestantes

-

Querida Mamis, são tantas transformações no seu corpo, tantas coisas para organizar, tantos planos, um futuro novo pela frente, que pensei em elencar algumas dicas para facilitar a sua vida e ter certeza de que, além de se vestir de forma confortável, você também pode (e deve!) se sentir linda durante a gestação.

 

1- Esqueça o zíper: As calças com elástico na cintura, modelo pijama, jogger, pantalona ou legging são suas novas melhores amigas. Prefira cores neutras que ajudam a fazer combinações elegantes como: azul -marinho, grafite, preto, bege escuro e cinza.

2- Peça única: Vestido é perfeito para esse momento,  feminino e ultra versátil.

Vestir uma peça só  e sair linda por aí é tudo de que você precisa! Vestidos amplos, vestidos soltinhos e molengos, corte camiseta, corte império, kaftans, vestidos longos, são sucesso garantido!

Atente aos detalhes:

*Vestidos que cabiam perfeitamente no começo da gravidez podem ficar curtos demais no fim da gestação e deixá-la desconfortável.

*Vestidos com elastano ou muito justos no corpo, no  inicio da gravidez , quando a barriga ainda não apareceu direito, podem causar a (injusta) sensação de que você está fora do peso. Por isso recomendo os vestidos mais coladinhos para quando a barriguinha  já estiver desenhada.

*Vestidos transpassados podem ficar mais curtos na frente. Fique de olho!

3- A famosa terceira peça: O único jeito de você não enjoar de usar só o que cabe no seu armário é lançar mão da “terceira peça”! Um blazer, uma jaqueta, um quimono, um colete, uma camisa jeans aberta com as mangas levemente dobradas… peças que estruturam melhor o visual e te deixam moderna e antenada. E o mesmo vestido preto soltinho pode sair de casa acompanhado cada vez de um “over top” diferente. Use a criatividade !

4- Calçados: Existe um número significativo de sapatos no seu armário que não serão bem-vindos nessa fase: Plataformas, meia pata, scarpins altos, sandálias de tiras finas, salto agulha… Esqueça! Quem precisa de tudo isso quando tem a licença poética dos pés inchados que estarão muito melhor acomodados em sapatos confortáveis? Você pode sair linda e maravilhosa com tênis urbano (hoje existem infinitos modelos e cores pra te fazer feliz), com rasteiras, sapatilhas e com modelos mais masculinos como o oxford. Se você não vive sem salto, invista em sandálias, sapatos ou botas de salto grosso médio.

5- Acessórios: Eles são essenciais nessa jornada. Os acessórios são sem dúvida seus grandes aliados na hora de dar uma alegria pra aquele look batido que você não aguenta mais usar por ser uma das poucas coisas que cabem. Portanto, divirta-se: colares metalizados curtos e médios, maxi colares de metal ou resina, brincos descolados com bastante personalidade.

Atente aos detalhes:

*Colares longos ficam batendo na barriga, portanto evite.

*Colares e brincos pesados podem ser lindos, mas são impossíveis nessa fase da vida. Você vai colocá-los e antes de sair de casa já vai querer tirar (paciência na gravidez é algo que desaparece). Então escolha modelos leves e confortáveis.

 6- Festa: Se pintar alguma celebração no meio do caminho, fique tranquila. Você será um pontinho de luz no meio da festa com sua linda barriga e receberá todos os mimos. Recomendo um vestido que a faça sentir segura, combinado com joias ou bijuterias poderosas e sapato ou sandália de salto médio.

Atente aos detalhes:

*Evite vestidos muito curtos, para que você possa ficar sentada e até cruzar as pernas e movimentar-se com conforto.

*Seios e braços aumentam bastante durante a gestação. Portanto, alças finas e decote “tomara que caia” não são boas escolhas. Prefira decote em “V”, canoa ou quadrado.

*Fuja de tecidos que pinicam ou trazem algum desconforto ao toque.

7- Macacão: Eu amo, amo, amo essa peça. Eles são práticos, divertidos e super descolados. Podem ir trabalhar com blazer ou jaqueta ou ir pra um brunch no fim de semana com tênis ou rasteirinha. Existem modelos bem soltinhos de malha ou moletom, ou com corte de alfaiataria, de algodão, linho ou seda. Se sua barriga couber, use e abuse!

Atente aos detalhes:

*Evite aquele modelo antigo de jardineira com espaço pra barriga. O visual fica um pouco infantilizado.

 

Compartilhe esse texto