barra

Olá mamis!!! Hora de montar a lancheira e vem a pergunta “e agora o que mandar para os pequenos!?!?!?”

 

Variando bastante os lanchinhos, além de estimular o paladar, evita que ele fique enjoado de comer as mesmas coisinhas, e também garante a variação de nutrientes.

– Líquidos: apesar de práticos os “sucos” de caixinha não são a melhor opção, eles contêm muito açúcar, e na verdade são “néctar” da fruta, com apenas 20 a 30% de fruta. Os que vêm escrito SUCO e sem adição de açúcar são a melhor opção nesse caso, e temos algumas marcas disponíveis, e apesar de serem um pouco mais caros, vale a troca.

Se a lancheira tiver garrafa térmica, o melhor é mandarmos sucos naturais e numa segunda opção o suco de polpa congelada. Água de coco também é uma ótima variação.

Iogurte e leite com chocolate (preparado em casa com chocolate em pó, nem precisa adicionar açúcar, é questão de habituar a criança com menos adição de açúcar mesmo) e vitamina (leite, fruta e se quiser pode colocar um pouco de aveia pra reforçar), entram nas variações dos líquidos da lancheira.

– Para os sanduichinhos podemos colocar vários tipos de pães, de forma e integral, bisnaguinha, sírio, francês e mini francês. E rechear com queijos, peito de peru, requeijão, polenguinho, geleia (sem açúcar e sem adoçante, se gostar de cozinhar faça em casa sua própria geleia), patês de atum, azeitona (colocar uma fatia de queijo – mussarela ou branco – com esse patê fica uma delícia), patê de ervas e outros com a base sendo ricota, frango desfiado.

Podemos fazer sanduíche com biscoito que devem ser sem recheio, pois tem muito açúcar e gordura, procure as integrais, ou rosquinhas doce e recheie com as opções colocadas para os pães.

Bolo caseiro sem recheio é uma variação bem gostosa para a criança, em casa podemos preparar com menos açúcar do que os bolinhos industrializados, além de usar farinha integral, e para o açúcar use demerara ou mascavo.

– Outra opção é torta salgada, aquelas com a massa de liquidificador são rápidas e fáceis de fazer, frango, atum, palmito, legumes, carne.

– Cereais ou granola ou aqueles misturas de cereais com aveia. Lembrando que são para variação, esses cereais prontos também já são cheios de açúcar.

– Frutas frescas, salada de frutas, frutas secas e fruta desidratada (aquelas crocantes que parecem “chips” também é uma opção diferente e saudável), varie as frutas, com frutas da época, deixe-as com a casca, ou mande picadinhas em potinhos fechados e lancheiras térmicas.

– castanhas.

– barra de cereal.

Como montar: coloque 1 opção de líquido e um ou dois alimentos sólidos. Sempre tem que ter uma fruta ou o suco de fruta.

Exemplos:

– Suco de fruta, sanduíche, 1 porção de castanhas.

– Iogurte, cereal, fruta (mande os ingredientes separados para criança juntar na hora de comer).

– Leite com chocolate, bolo caseiro, fruta.

– Água de coco, torta salgada, fruta seca.

 

Viviane Szaf | Nutricionista formada pela Faculdade de Saúde Pública – USP,  atua na área clínica para Crianças, Adolescentes, Adultos, Gestantes, Emagrecimento, reeducação alimentar, patologias associadas.