barra

Olá queridos , tudo bem?

Bom, como muitos já sabem, trabalho com flores e ervas aromáticas já há algum tempo, 10 anos aproximadamente e por intermédio de uma amiga de infância fui descobrir algumas curiosidades sobre chás.

Olhem só, na verdade o chá só é feito através de uma erva chamada Camellia Sinensis. É dessa erva que se origina o chá branco, o chá verde, o chá vermelho e o chá preto. O que diferencia cada um é a época da colheita da folha e o tipo de processamento.

Esses “chás” popularmente chamados de hortelã, limão, erva-doce, erva-cidreira, na verdade são infusões. Também conseguimos fazer infusões com cascas de frutas, com as folhas do café, gengibre, folhas de limão, flores comestíveis.

Por exemplo, o chá das verbenas são relaxantes, o chá das calêndulas ajudam na aparência da pele e podem eliminar cólicas. O chá de hibisco é diurético, o chá da rosa branca é bom para alergias, o da rosa amarela ajuda a acalmar os nervos. O chá da borragem vira um tratamento alternativo para cólica e dores no estômago.

Podemos fazer um chá com o manjericão limão; com o mil folhas, que tem efeito analgésico, popularmente conhecido também como novalgina.

Na Fazenda Maria ainda encontramos o Hortelã Pimenta, a Menta, o Manjericão Cravo, o Manjericão tailandês e dezenas de outras ervas para infusões diversas.

A função da infusão é extrair as propriedades naturais da planta, erva ou folha escolhida para a preparação.

E aí podemos misturar o chá de nossa preferência com alguma infusão e teremos os famosos Blends.

Infusão + Chá = Blend

E você, já sabia? Já experimentou alguma infusão de flores?

Beijos,

Deborah Gaiotto | Deborah na Fazenda