barra

Após alguns anos de discussão sobre a mudança de rotulagem, há alguns dias a Anvisa aprovou um novo modelo de rotulagem frontal de alimentos, ressaltando alimentos que sejam ricos em: açúcar adicionado, sódio e gordura saturada.

É um passo importante, que teve participação de diversas entidades, como a @abeso_evidenciasemobesidade e muita controvérsia em qual seria a melhor forma de rotulagem.

O que sabemos é que a rotulagem hoje é muito confusa, com detalhamento em letras pequenas e por vezes uso de termos menos comuns para designar açúcar, ou gorduras, por exemplo. A necessidade de mudar vem pela importância das pessoas terem mais consciência sobre quais alimentos são menos saudáveis (uma análise de 2019 mostrou que o alto consumo de sódio está associado a mais de 3 milhões de mortes anuais).

O Chile foi usado como exemplo ao implementar a rotulagem, com sinais de “pare” para alguns alimentos. Há também outras propostas no mundo como o uso de triângulos, com diferentes cores, como um semáforo, que são mais visuais, mas nenhuma rotulagem é perfeita (há o risco de, ao se ver alimentos com semáforo “verde” se achar que pode ser consumido à vontade, o que nem sempre é verdade).

No final, tivemos a aprovação dessa rotulagem com alertas. É perfeita? Não. Há outros componentes alimentares que merecem cuidado (como outras formas de carboidratos simples), e tudo depende do tamanho da porção: uma “porção padrão” pode conter menos sódio que o necessário para o alerta, mas se você consome duas ou três, normalmente, ultrapassa esse limite. Assim como, pelo contrário, não significa que todos os alimentos que contenham esses alertas devam ser proibidos. Haverá dúvidas e exceções.

Mas a facilidade de interpretação é importante, e pode ser um estímulo à indústria a buscar opções mais saudáveis.

As evidências do impacto das rotulagens no mundo são iniciais, mas promissoras. Esperemos!

Dr. Bruno Halpern

CRM-SP 124905 Endocrinologista RQE55372 Doutor em Medicina USP – VicePresidente FLASO, membro SBEM/SBD/ABESO

@drbrunohalpern