A importância de se consumir produtos orgânicos

-

Olá pessoal, tudo bem?

Minha intenção nesse texto é levar até vocês a real importância de se consumir produtos orgânicos.

Há um mito gerado por aí que sintetiza a produção orgânica ao simples não uso de agrotóxicos e produtos químicos. Sim, isso é verdade. Mas é muito mais que isso. É respeitar a natureza, cuidar do solo, reabilitar seus nutrientes com matéria orgânica, é cuidar de toda a fauna e flora, é ter uma produção diversificada. Exemplo: plantarmos não só alfaces, mas tomates, legumes, cenouras, ervas, frutas e todas participando do mesmo ambiente e participando de um rodízio .

Produzir organicamente é respeitar a saúde dos envolvidos em toda a produção e consumir orgânicos significa reduzir do nosso organismo quantidades super significativas de produtos químicos. Tem um experimento feito na Suécia pela rede de supermercados Coop em parceria com o Instituto Sueco de Pesquisa e Meio Ambiente (ILV),  que comprova essa eficácia. Desafiaram uma família a consumir só produtos orgânicos durante 15 dias e os níveis de produtos químicos do sangue desses indivíduos reduziu em 6 vezes.

Assim, consumir orgânico significa:

  • Ter 6 vezes menos produtos químicos no organismo
  • Controlar a quantidade de pesticidas jogados em nossos lençóis freáticos
  • Diminuir alguns sintomas comuns e mitigados como azia e dor de cabeça

Sei que mudar toda nossa dispensa de uma hora para a outra não é um ato muito viável, por alguns fatores, preços, dificuldade de encontrar alguns produtos, mas podemos COMEÇAR. E assim como eu, você também pode iniciar essa transição e quando perceber já estará com pelo menos 70 % de produtos mais saudáveis na sua casa.

Para isso vou ilustrar aqui a porcentagem de agrotóxicos de alguns legumes e frutas de produção convencional para que estimule você a pensar sobre isso e iniciar essa mudança:

1º lugar: pimentão (91,8% de pesticidas)

2º lugar: morango (63,4% de pesticidas)

3º lugar: pepino (57,4% de pesticidas)

4º lugar: alface (54,2% de pesticidas)

5º lugar: cenoura (49,6% de pesticidas)

6º lugar: abacaxi ( 32,8%)

7º lugar: beterraba (32,6%)

8º lugar: couve (31,9%)

9º lugar: mamão (30,4%)

10º lugar : tomate (16,3%)

11º lugar: laranja (12,2 %)

12º lugar: maça (8,9%)

Lavar alguns produtos com água, buchinha e sabão até elimina uma pequena porcentagem, mas muito se é absorvido pela planta no momento da sua formação. Lembrando que o trigo, o milho, o chocolate que vão em nossos pães, bolos, biscoitos e bolos também sofrem com doses cavalares de agrotóxicos, e não são só os produtos de hortifrutti….. infelizmente…..

Por isso, vamos mudar a forma de enxergar nossa alimentação, pois consumir saudável vai muito além de frutas e legumes apenas, mas se conscientizar também em COMO esses produtos tidos como saudáveis são produzidos. Isso sim é começar a pensar e se alimentar de fato de forma natural.

Fica minha dica.

Beijos

Deborah Gaiotto |Publicitária de formação e hoje idealizadora do projeto “Deborah na Fazenda”

Gerente Comercial na empresa “Fazenda Maria”. Ganhadora do prêmio “Mulher de Negócios 2013”. Em prol de um mundo mais consciente e sustentável.

www.fazendamaria.net

Compartilhe esse texto