Chegou a adolescência

-

Chegou a adolescência, a hora de todos crescerem. Respira e conta até 3… Não funcionou? Respira e conta até 10. Ainda não melhorou? Agora tenta até 20.

É preciso tolerância para lidar com a adolescência dos filhos pois quando ela chega, costuma tirar os pais de sua zona de conforto, joga por terra todas as suas certezas, deixa-os desconsertados e sem saber como agir diante de inúmeras situações.

Quantas vezes os pais de adolescentes ficam impacientes, perdem a cabeça e acabam se envolvendo em brigas com seus filhos que só agravam este delicado momento? Pois bem, adolescência é o momento dos filhos e pais amadurecerem. No caso dos filhos, porque o tempo não pára e eles são convidados a entrar em uma nova fase de vida com enormes desafios. De certo, essa passagem vem repleta de hormônios e angústias disfarçadas de certezas.

Os jovens precisam abandonar os pais da infância, se desgarrar, sair de baixo de suas asas, por isso é tão comum que os tratem como inconvenientes, como aqueles que não sabem de nada e, com frequência, desvalorizam seus conselhos. Para os pais, esse é um momento de difícil enfrentamento pois sua autoridade está sendo testada ao limite. Simbolicamente, esse é um modo dos jovens viverem esse tortuoso caminho de separação. E convenhamos, deixar a infância para trás e abrir mão da proteção dos pais em direção ao mundo adulto é um processo doloroso para todos os envolvidos.

Doloroso, porém necessário.

Sobre os adolescentes, não são todos iguais. Alguns são mais calmos, outros mais impetuosos. Uns se isolam, outros berram. Cada um passa por essa transição a seu modo, de acordo com seu temperamento, mas dificilmente sem turbulências ouestranhamentos.

E por que é recomendável aos pais ter enorme paciência? Porque os pais precisam lembrar de que nessa passagem há sofrimento, mesmo que transvestido de agressividade ou embotamento.  Dos adultos, se espera a maturidade para lidar com estes novos desafios, para relevar o que realmente importa para não criar um distanciamento ainda maior dos seus filhos.

Adolescência é a hora de todos crescerem e, de preferência, juntos. Assim, pais e filhos poderão se reencontrar lá na frente, desta vez no mundo adulto.

 

Karin Szapiro | Psicanalista

Psicanalista, membro filiado da Sociedade Brasileira de Psicanálise de São Paulo, atende jovens e adultos em consultório particular.

Telefone: 98116-3355.

Compartilhe esse texto