barra

Mamis, com tantos lançamentos em cosméticos para cabelo, é  difícil escolher o melhor produto para o usar nos seus cabelos no dia-a-dia, não é mesmo? Aqui vão algumas dicas para ajudar na escolha!

shampoo-450x337

Sal na fórmula

Uma grande inovação do mercado são os shampoos sem sal, que nada mais é do que um shampoo normal que não tem cloreto de sódio em sua fórmula. O sal é um eletrólito, mas não significa que não pode conter nem um pouco na fórmula – se usado na dosagem correta não interfere em nada na qualidade do cabelo, o importante é que a fórmula seja equilibrada. O sal só é um composto que agride profundamente os fios se em grande quantidade.

Tipos de cabelo

Prefira o shampoo feito exatamente para o seu tipo de cabelo, que vai limpar na medida certa, sem ressecar e sem deixar excesso de gordura no couro cabeludo. Sabe qual é o seu tipo de cabelo? Aqui tem a descrição dos tipos: Cabelos Mistos (possuem maior oleosidade na raiz e as pontas são mais secas), Secos (ressecados e mais opacos, que armam e quebram mais facilmente), Oleosos (são aqueles que dão a impressão de estar sujos com mais frequência, mesmo com apenas um dia sem lavar) e Normais (tem uma oleosidade balanceada, fios lubrificados na medida certa, brilho e flexibilidade).

Anti-resíduos

Para tirar o acúmulo de sujeira, um shampoo anti-resíduos a cada 15 dias é a solução – uma minha dica é o da Cless, que eu adoro. Os shampoos anti-resíduo são produtos mais fortes e limpam mais que os shampoos normais. Eles removem totalmente os resíduos dos fios (fixadores, géis, mousses, leave-ins e etc). O uso excessivo acaba tirando a oleosidade natural dos fios, que é responsável por proteger os cabelos das agressões externas. Ainda pode remover algumas proteínas e lipídios da estrutura dos fios, provocando um ressecamento ainda maior, se usado com uma maior freqüência do que a indicada acima.

Ingredientes na Fórmula

Silicones (dimeticone copoliol, ciclometicone, fenil trimeticone ou amodimeticone):  ajudam a formar um filme protetor nos cabelos, que protegem os fios do ressecamento, já que mantêm a umidade natural dos cabelos.

Aminoácidos (lisina, arginina, cistina, cisteína ou histidina):reforçam a estrutura natural do fio, e são indicados para cabelos ressecados, já que ajudam a reconstruir a fibra dos cabelos.

Pantenol: retém a água dentro da cutícula, impedindo o ressecamento do fio.

Agentes antimicrobianos, fungicidas e antibacterianos: ajudam a combater a caspa.

Argila ou ácido salicílico: indicados para cabelos oleosos, já que estes componentes diminuem a produção de sebo no couro cabeludo.

Couro cabeludo sensível

Para quem tem problema de couro cabeludo sensível deve optar por shampoos bem suaves, contendo tensoativos próprios para bebês. Mais uma dica: condicionar apenas as pontas dos fios de cabelo.

Cabelos coloridos

Para quem tem cabelos coloridos, é importante usar produtos que tenham indicação para os mesmos, já que este tipo de fórmula é menos agressiva e faz com que a realce a cor, e que dure mais. Eu usei um leave in da Clairol que fiquei apaixonada, e a linha toda Redken (de embalagem rosa) é o máximo!

Shampoo a Seco

Mais uma super novidade do mercado, o Shampoo a Seco tem o objetivo de  absorver a oleosidade, e limpar sem lavar, para quando você está com o cabelo sujo, mas não tem tempo para lavar os cabelos.  Ele é em spray, e quando aplicado nos fios parece um talco, branco. O importante é, aplicar a uma distância de 20 cm, esperar este “talco” absorver a oleosidade, e  pentear ou esfregar um pouquinho a raiz com as pontas dos dedos para que este “talco” desapareça.

Lembrando que  o uso do condicionador é indispensável, independente do shampoo que você escolher, já que é ele que fecha a cutícula do fio, que se abre com a limpeza feita pelo shampoo.