barra

Do período após o parto até aos três anos da criança, é frequente a queixa de mães com dores nas costas, e este sintoma se agrava ainda mais quando as mesmas têm hérnia de disco. Estas dores são causadas pela má postura repetida no cuidado com os bebês, quando estão trocando fraldas, o pegando no berço, levando ao colo, dando banho, entre outros.

Woman massaging pain back
Mas estas dores podem ser prevenidas com estas 7 dicas hiper importantes! Tome nota:
1. Trocador: a altura do trocador deverá estar na sua cintura, e se não estiver afaste as pernas ao chão de forma que mantenha a postura correta;
Imagem

 

2. Banheira: prefira as banheiras que tenham ajuste de altura e deixe-as na altura do seu umbigo, e coloque o bebê no apoio de banheira, assim você não precisará ficar debruçada, segurando o bebê enquanto o banha;

Imagem

 

3. Berço: todos os berços têm ajuste de altura do colchão. Quando o bebê for recém-nascido deverá ser mais alto e quando você colocá-lo ao berço deverá inclinar todo seu tronco a frente, desde a cintura e não debruçar somente os ombros, aumentando a cifose (popular “corcunda”). Conforme a criança apresentar mobilidade no berço, e se sentar sozinha (por volta de 6 meses), deverá abaixar um pouco mais a altura do colchão,  mas tomar o mesmo cuidado ao pegá-lo, devendo evitar girar seu tronco com o peso do bebê, vire o corpo por inteiro. Quando o bebê conseguir ficar em pé no berço, por volta de 9 meses, deverá abaixar um pouco mais a altura do colchão, flexione os joelho e pegue o bebê pelas axilas trazendo-o  junto ao seu corpo no colo;

Imagem

 

4. Brincadeiras e treinos nas fases de desenvolvimento do bebê: quando o bebê começa a engatinhar, sente-se ao chão para acompanhá-lo, e esta postura você deverá fazer também quando ele estiver na fase do andar. Nunca se incline para acompanhar a marcha do bebê. Existe um elástico, para treino de marcha, que podemos segurá-lo enquanto o bebê inicia a fase do andar;

Imagem

 

5. Colo ou sling – quando levamos o bebê ao colo, costumamos segurá-los em um dos braços, fazendo a elevação do ombro e do quadril do lado que o bebê está. Provocando torções e desvios de coluna e quadril, podendo ocasionar escoliose. Então o sling é uma ótima alternativa, porque o peso da criança é distribuído sobre todo o tronco da mãe. Mesmo assim procure ficar alinhada, evitando empurrar o tronco para frente forçando a coluna lombar, e manter sempre os músculos do abdome contraídos.

Imagem

 

6. Uso do carrinho – o carrinho poderá ser utilizado até os 20kg da criança ajudando a transporta-lo. Mesmo assim quando for colocá-lo e retira-lo abaixe-se, flexione os joelhos para destrava o cinto do carrinho.

7. Bebê conforto – a cadeira já tem um peso e adicionamos o peso do bebê. Deverá ser usado em bebês de até 6 kg e sempre apoia-lo no carrinho quando for fazer um passeio, além de nunca girar somente o tronco quando for desloca-lo de um lado para outro, sempre girar o corpo inteiro.

 

Lembre-se sempre de alongar-se diariamente. Se as dores persistirem, consulte um médico.

*imagens ilustrativas

Dra Adriana Cristina Mariano de Souza – Fisioterapeuta – Crefito 3 -47067-F

Clínica Apinajés

www.clinicaapinajes.com.br

Contatos: adrimarianofisio@hotmail.com /  cel: 995850949