barra

Sonhar acordada pode  ter outra conotação quando se trata  de mamis de bebês e crianças pequenas.  Noites em claro tem se tornado queixa frequente, sejam elas de primeira, segunda ou  até  de terceira viajem.  Não tem regra: mães de primeiro filho sentem-se inseguranças e inexperientes, a de dois filhos temem que o mais novo acorde o mais velho e vice-versa e a de três filhos ou mais … imagine o caos se um desperta os outros!

Young optimist - a change in the weather

Sabemos que no início o bebê recém-nascido acorda durante a noite pois necessita mamar em certos intervalos de tempo. A natureza é sábia. Nesta fase, o sono que mais prevalece é o leve fazendo com que  ele desperte para se alimentar, caso contrário poderia ser um risco se dormisse profundamente e esquecesse de acordar para mamar. Bebês tem ciclos de sono mais curtos que os adultos e também passam mais tempo em sono Rem do que estes. Ciclos de sono do bebê duram  40-45 minutos. No final de cada ciclo eles vão para o sono leve e   (como todos nós fazemos) começam a checar o ambiente. Se eles acham alguma coisa que os disturbem, acordam completamente. À medida que vão crescendo passam a desenvolver condições fisiológicas que os permitem espaçar mais estas mamadas e, uma noite toda, para um bebê 4-5 meses pode ser considerado da meia-noite às 5 horas da manhã, mas cada bebê é um e isto pode sofrer variações entre o seu filho e o da sua amiga .

baby in owl hat sleeping

 

Quando o pequeno passa a almoçar e jantar, por volta dos seis meses , além de muita bagunça, melequeira e diversão ele passa a entrar no ritmo biológico como o nosso:  se alimentará tudo do que precisa para se desenvolver ao longo do dia (2 refeições, frutas, sucos e leite materno ou artificial) e terá condições agora de dormir a noite toda (ex: 20:00 às 6:00h) sem precisar mais mamar nas madrugadas_ salvo por recomendação médica.

 

Na teoria tudo é lindo, organizado e …. ilusório?  Não necessariamente.

Enquanto alguns bebês já chegam da maternidade todo organizadinho e sistemático_ claro que este é sempre o filho da vizinha e não o seu! Outros necessitam de atitudes e ajustes por parte da família para que aprendam a dormir por si mesmos e, quando for possível, a noite toda.

 

7 Dicas para sonhar dormindo:

  1. ROTINA: O bebê não tem noção de tempo, logo necessita de uma ordem sistemática de atividades: alimentar/dormir/brincar sempre na mesma sequencia, variando conforme a fase do desenvolvimento em que ele se encontra  ( quanto mais velho mais se brinca e menos se dorme)  assim como a  dinâmica da família. É importante  que os horários sejam sempre os mesmos mas, é possível um flexibilidade neste sentido, contanto que o bebê não vá dormir exausto: se passar do ponto é muito mais difícil iniciar e manter o sono. Para crianças mais velhas a rotina da hora de dormir deve ser sempre previsível, com atividades tranquilas como hora do conto, massagem, reza, etc… um momento agradável para finalizar o dia junto com os pais.
  2. SONECAS: fundamentais até por volta dos três anos. Eliminar as sonecas na intenção de que o seu filho, muito cansado, conseguirá dormir a noite toda é mito. Esta situação causa o conhecido Efeito Vulcânic: acúmulo de cansaço que leva a exaustão e por consequência a dificuldade de adormecer e em ter um sono reparador. Cada bebê é único e tem o seu ritmo próprio e, a única maneira de saber se o que o seu filho dorme de dia é o suficiente só ele te mostrará: está feliz, tranquilo e de bem com a vida, logo ele está descansado. Caso contrário ele precisa dormir por mais tempo.Baby smiling in bed with eyes closed and arms out.
  3. BERÇO: Este é o lugar mais seguro para um bebê dormir e foi justamente elaborado com esta finalidade. Ele não tem ‘”espinhos”, vocês compraram e escolheram este móvel com muito amor e carinho. Não importa se o berço está no quarto dos pais ou no do próprio bebê, é fundamental que o seu filho adormeça nele. Isto significa iniciar o sono lá dentro e não chegar nele já adormecido. Isso é importante para que, no meio da noite, nos despertares normais do sono, ele se perceba no mesmo lugar onde adormeceu e saiba se ajeitar para retomar o sono sem chorar e solicitar ajuda para isso. Você por acaso dorme na sala com seu marido lhe fazendo cafune no sofá e acorda no meio da noite em sua cama? Seria bem bizarro, né? Para bebês e crianças isto pode ser realmente uma experiência assustadora: dormir no colinho  da mamãe, deitado em seu ombro, sendo ninado e acordar em outro lugar, totalmente estático, sozinho e na horizontal.
  4. COLO: Pegue muito o seu filho no colo, agora é o momento, já que depois que começar a engatinhar ele vai querer muito mais o chão do que ficar aconchegado nos braços dos pais! No entanto é recomendado que, para o soninho, o bebê consiga adormecer deitado e sem movimento. Está será a sua condição quando despertar na madrugada no berço e se, acostumado desta maneira, saberá o que fazer para retomar o sono de forma rápida e sem prejuízos no seu próprio repouso. Procure ajudar o seu bebê com associações de sono que serão mantidos a noite toda junto como ele ( o colo não é garantido) as mais comuns são: chupeta, naninha ou fraldinha. Caso não aceite estes gatilhos para nanar, fique tranquila de que ele encontrará uma posição ou outra maneira de iniciar o sono por si mesmo.
  5. MAMAR: No meio da noite, só se for necessário pela faixa etária conforme exposto a cima ou recomendação médica. Caso contrário, esta pode ser a  fórmula para desenvolver o hábito muito comum: MAMAR PARA NANAR repetidas vezes ao longo da noite.
  6. SEM MAMÃE E PAPAI NO QUARTO: Na hora de dormir é importante que o seu bebê saiba que você não fica no quarto, pois quando ele acordar no meio da noite não vai te encontrar lá dentro. Isto pode parecer um tanto rígido mas se coloquem no lugar dos seus filhos, imaginando esta cena: Você, sem perceber, adormeceu abraçadinha com o seu bebê e acordou na sua cama sem ele por perto.  Quando você despertar na madrugada vai levar um grande susto, concorda? A sua última lembrança foi a do seu filho em seu colo e ao acordar e não encontrá-lo ficará insegura e angustiada. Concorda?. Com a criança/bebê, isto também acontece: mamãe estava aqui grudadinha comigo e de repente sumiu! Parents Lying with Infant in Bed
  7. QUE LEGAL É HORA DE NANAR! Não espere por isto até a adolescência. A medida que vão crescendo e percebendo o quão divertido é o dia, dormir será muitas vezes considerado perda de tempo para as crianças. Haverão resistências e reclamações  em todas as faixas etárias, uns mais e outros menos. Cabe aos pais, serem firmes e fortes em manter as regras e a rotina da noite, já que para ter tanta energia durante o dia, os seus filhos necessitam de muitas horas de sono para conseguir recuperá-las. Procurem ao final do dia, diminuir gradativamente o ritmo da casa, para que  as crianças percebam que o dia está acabando e a hora de nanar está se aproximando. Interromper bruscamente uma brincadeira divertida para irem direto para cama será bem mais difícil  de se conformarem que o dia chegou ao fim.

LEMBRE-SE: é fundamental para o desenvolvimento global dos bebês e crianças tanto terem noites de sono restauradoras, como terem mães descansadas com condições  de  acompanharem o ritmo e curtirem cada fase maravilhosa de seus filhos.

DEBORAH MOSS

CRP:59350-4/SP

Mestre em Psicologia do Desenvolvimento (USP)

Especialista em Neuropsicologia (Cepsic/HC)