barra

Acordo às 4 da manhã: ponho água para ferver, vou colocando a mesa, abro a porta da área de serviço, faço carinho nos cachorros, tiro a sujeira deles, lavo tudo, coloco jornal de volta, água ferveu… Volto, coo o café, tá passando ainda, corro pra área, coloco o jornal limpinho… Coou… Volto pra cozinha… tomo um café quente -fumo meu cigarro-, desço para dar uma volta no quarteirão com os cachorros… subo, tomo banho, seco cabelo , roupão… Bebê acordando… seis em ponto… amamento, troco fralda, acordo os mais velhos… levo o café na cama para meu menino, ligo a TV para minha menininha e chamo o marido (às vezes com um beijo demorado… às vezes só cutuco, dependendo do humor). Dou o leite para ela e peço para ele ir pro banho… Pedro para uns minutos para brincar com a bebê… ufa… enquanto isso dá tempo de ajudar a Maria a se trocar, pentear o cabelo e escovar os dentes… Sete e quinze todos prontos… Nanda fica com a babá, marido sai para trabalhar… deixo as crianças na escola e corro pro aeroporto… 8h15 tô embarcada… 9h45 e já fiz audiência no rio… volto correndo pro aeroporto… pego o voo das 10h30 chego em SP corro pra porta da escola… pego as crianças… vamos pra casa… enquanto eles almoçam amamento a Nanda… 13h30… saio de casa correndo e vou pro Tribunal… faço uma sustentação oral… ganho (ufa!)… volto pro centro da cidade e o restaurante do marido ainda está aberto – eba!).. almoço… vou pro escritório… respondo alguns e-mails e faço uma defesa que deve ser apresentada amanhã… 17h00… chego em casa… massagista esperando… drenagem (até babo e sonho durante a massagem) 18h30 hora de dar uma volta no quarteirão com a bebe e os dogs… voltamos… jantar para os três, banho nas meninas e cama pra todo mundo… 20h30… tenho uns minutos para o marido enquanto o sono não me derruba… mas esse equilid… libido no pé … antes das dez já to na cama pronta pra dormir e me sentindo uma heroína…

Não, espera!… Não é bem assim, afinal de contas:

Super mom

Esqueci de dar o vermífugo dos cachorros… esqueci que a Maria tinha excursão então não mandei lancheira… esqueci de deixar o dinheiro que o Pedro me pede há dez dias para comprar a tal da apostila de italiano… minha amiga me mandou uma mensagem e eu respondi super rápido (esqueci de ver se estava tudo bem mesmo com a chegada do bebezinho dela)… os minutos para o maridos foram desfocados por uma conversa séria sobre a última brigas que aconteceu na família… penso que poderia ter proposto um acordo na audiência… penso que nem perguntei para a babá como foi exatamente o dia das crianças enquanto eu não estava em casa… Poxa… não falei com minha avó hoje… faltou muita coisa para resolver no dia…

Nada de heroína então… uma pessoa normal…. E então, quando alguém me pergunta: “Como é que você consegue?” só consigo pensar em duas respostas: 1 – não consigo fazer tudo e 2 – estou exatamente onde eu queria estar…. queria um marido bacana, queria ter muitos filhos, queria trabalhar, queria ter cachorros… eu queria tudo isso; Quando a gente quer (e tem um time excelente ajudando, tanto em casa quanto no trabalho), a gente consegue….. bem mais ou menos, faltando um monte de coisas, mas consegue!