barra

1) Fale com a criança bem devagar e ouça-a com paciência. É importante sempre transmitir tranquilidade na comunicação.

2 ) Mostre interesse ao que ela diz, não terminando seu pensamento nem demonstrando aflição ou irritação ao ouvi-la. Faça-a sentir que para você é mais importante o conteúdo do que a forma de sua mensagem.

3) Faça perguntas à criança de um modo mais direto, que exijam respostas mais curtas.

4) Dê atenção à criança, deixe-a às vezes sugerir um programa ou atividade, é bom para ela saber que é um elemento importante na família e que seus desejos e sentimentos, na medida do possível, são respeitados. A criança precisa se sentir acolhida.

5) Oriente todos os adultos que lidam com a criança a não fazerem gestos, expressões faciais ou comentários que demonstrem incômodo ao ouvir a criança.

destaque

6) Incentive a criança a cantar e recitar parlendas, o que a ajuda a exercitar a fluência da fala.

7) Na idade pré-escolar é comum uma criança gaguejar. O mais comum é a gagueira se caracterizar por repetições, bloqueios, hesitações ou prolongamentos na fala. Com o tempo e apoio da família e professores, esse processo tende a passar sozinho. Se você notar que a gagueira está piorando ou que, mesmo seguindo todas as orientações, não está havendo melhora alguma, procure um fonoaudiólogo para avaliar a criança e decidir se já é hora ou não de fazer uma intervenção.

FGA. JACQUELINE MOREINAS GRINBLAT

CRFa-2  6090