barra

Como vocês podem perceber, embaixo do meu nome não tem um CRM chique, portanto NÃO SOU MÉDICA! Essas dicas de hoje são apenas dicas que pediatras me passaram que podem complementar tratamentos e ajudar no bem estar da criança! Obviamente você, mamãe responsável, sabe que nada que mexe com saúde deve ser feito sem o OK do pediatra, certo? Ufa! Ok vamos lá!

– Maizena – Bebê é quase sinônimo de assadura! Vira e mexe tem posts no mamis perguntando o que passar no bumbum quando está todo vermelho e irritado. Além das tradicionais pomadas, a maizena (sim, aquela amarelinha) pode aliviar a irritação e acelerar a cicatrização, sem deixar nenhum cheiro e sem nenhum componente tóxico.

– Gelo – Esse é fácil, hein? Criança caiu, bateu, saiu rolando, se pendurou, trombou, capotou e além de nos dar um mini ataque cardíaco, ficou com algum membro inchado: GELO! O gelo ajuda a desinflamar o local, aliviar a dor e desinchar.

– Mel – ATENÇÃO!!! Essa dica só vale para crianças acima de 1 ano pois bebes ainda não tem o sistema imunológico pronto pra combater uma bacteria que pode estar presente no mel. Sabe aquela tosse que não para? Às vezes a gente enche a criança de xarope, antialérgico e às vezes a solução pode ser bem mais simples: mel! Uma vez levei meu filho pro pediatra porque ele não parava de tossir e perguntei: “O que faço pra melhorar essa tosse?” E ele respondeu “Mel!” (R$400,00 pra ouvir isso). E ele não é o único! Mesmo em Israel, o mel é indicado pelos médicos para tosses persistentes.

– Soro – Àgua e sal. Mil e uma utilidades. Pode ser em forma de rinossoro, maresis, fluimare ou o simples sorinho normal. Faz milagre! O soro ajuda a limpar as vias aéreas e os olhos, evitando a proliferação de bactérias, desentupindo o nariz e aliviando os sintomas de resfriados. Inclusive pode ser usado diariamente no nariz para previnir doenças e deixar sempre as vias respiratórias livres de germes.

– Alimentos – A própria alimentação pode ajudar na prevenção e combate a doenças. Ameixa para intestino preso, chá para desconforto abdominal, limonada para dor de garganta, polvilho para intestino solto e assim por diante.

– Levantar encosto do berço/cama – Dá muita dó bebe ou crianças tentando dormir com resfriado. Chora, vira pra lá, vira pra cá, e aquele nariz fazendo um barulhão. Coloque uma ou duas toalhas dobradas embaixo de um lado do colchão para que a cabeça fique mais elevada que vai ajudar na respiração. Cuidado para não exagerar e transformar o colchão num escorregador, porque aí não só não vai ajudar como seu filho vai ficar todo apertadinho no pé do berço/cama.

– BeKool – Esse é um produto americano que ajuda a baixar a febre e aliviar o desconforto da criança sem nenhum remédio. É um adesivo pra colocar na testa (tem o desenho do Mickey) com um gelzinho gelado dentro. Ele baixa a temperatura do corpo tirando a necessidade de antitérmico ou aumentando o intervalo entre doses. Pode ficar até 8 horas colado. É encontrado facilmente em qualquer farmácia nos EUA e provavelmente é vendido por importadores por aqui.