barra

Seja quanto à sexualidade ou à gravidez, a vida das mulheres é ladeada de mitos. A verdade é que sempre estamos escutando e atentos às crenças populares ou histórias de vizinhas. No entanto, o melhor mesmo é sempre pesquisar sobre o assunto em livros, revistas e sites legítimos ou ir pelo caminho mais seguro que é consultar um especialista.

Não acredite em tudo o que dizem por aí. Fica a dica.

1) Grávida deve se alimentar por dois

Diferente do que muitos falam por aí, a gestante deve controlar o seu peso com uma alimentação saudável e balanceada. Engordar além do normal na gravidez pode influenciar na saúde do bebê e da futura mamãe. Evite doces, sal e frituras em excesso e nem pense em ingerir tudo o que vê pela frente com aquela velha desculpa do “desejo de grávida”.

2) Os desejos das grávidas, se não forem acatados, poderão resultar em manchas na pele do bebê.

Nem pense nisso. Nenhum alimento é capaz de interferir nas características de uma pessoa, seja através de manchas na pele ou mudanças nas feições. Os desejos existem por causa dos hormônios liberados durante a gestação, mas absolutamente nada vai acontecer se você não comer aquilo que tem vontade.

3) A gestante precisa comer canjica e beber cerveja preta para ter bastante leite?

Antigamente, como as mulheres pegavam pesado no batente mesmo estando grávida, comiam canjas para dar mais energia. Mas isso não tem nada a ver com a produção de leite. Quanto a bebida alcoólica, nem aconselhável é durante a gravidez. Quanto mais a mulher amamentar, mas leite seu corpo produzirá.

4) Se a barriga está redonda é menina e pontuda é menino?

O formato da barriga depende da posição que o bebê se encontra no útero e da musculatura de cada mulher. Aliás, outros mitos giram em torno deste tema. A única forma de saber o sexo do bebê é através do ultrassom.

5) Se a mulher sente muita azia é porque o bebê é cabeludo?

Imagina. A azia nada mais é do que o resultado da compressão do estômago e do esôfago pelo útero, causado por um refluxo de ácido clorídrico. Azia e cabelo não possuem qualquer relação.

6) Grávidas devem ficar descansadas

Se a mamãe e o bebê estiverem saudáveis os exercícios físicos e as atividades do lar de baixo impacto podem continuar sendo executadas. Aliás, manter-se em movimento protege das dores lombares e auxilia no controle do peso.

Dr. Thomas Moscovitz | CRM 82581 | Ginecologista e Obstetra