barra

A flacidez nos seios é um problema que atinge muitas mulheres. O corpo feminino sofre diversas alterações que modificam o tamanho dos seios no decorrer da vida. Essa mudança acarreta a perda de elasticidade da pele por conta da diminuição de colágeno e elastina, duas proteínas da pele.

Assim, as fibras da região se tornam frágeis, provocando a flacidez e o aparecimento de estrias, o que pode deixar a mulher insatisfeita e com baixa autoestima. Além disso, as mamas grandes e flácidas podem levar a problemas de saúde, como uma pressão nos ombros por conta do peso dos seios no sutiã e até mesmo dores na coluna.

Vários fatores podem influenciar o seu aparecimento, como o efeito da gravidade, a variação repentina de peso, o número de gestações, genética, o período menstrual e a própria idade.

Com todos esses fatores parece difícil manter os seios firmes, porém, com os avanços na área da estética, já é possível reverter esse quadro, deixando os seios firmes e bonitos novamente.

Para saber quais os procedimentos que podem recuperar a beleza dos seios continue lendo esse artigo.

 

Lifting de mama sem prótese e com prótese

Uma das cirurgias plásticas para levantar os seios e remover a sua flacidez é o lifting de mama, também chamado de mastopexia. Essa cirurgia retira a flacidez da mama, conseguindo um aspecto rejuvenescedor, pois é capaz de deixar a mama firme e empinada, com uma aparência jovem.

Para realizar esse procedimento é feita a aplicação de uma anestesia local com sedação geral. Serão realizadas incisões ao redor do mamilo, podendo se estender em uma linha reta até a base do seio ou formando um T invertido na base da mama.

Esse processo faz o reposicionamento da aréola e do tecido mamário, removendo o excesso de pele da região. Em alguns casos serão retiradas glândulas e gordura, para remodelar a forma dos seios.

Existem dois tipos de  mastopexia  que podem ser realizadas no paciente.

A mastopexia pode ser realizada sem a utilização de prótese, apenas removendo o excesso de pele e corrigindo a flacidez da região. Entretanto, se a mulher possuir mamas pequenas, esse procedimento é realizado colocando uma prótese de silicone. Para isso é necessário conversar com o médico e consultar a possibilidade de inserir o silicone. Assim, além de corrigir a flacidez e levantar o seio, é possível aumentar seu tamanho e deixar com mais volume.

Para realizar o procedimento é necessário evitar o tabagismo e bebidas alcoólicas antes da cirurgia. Deve ser interrompido o uso de medicamentos anti-inflamatórios e anticoagulantes e fazer um jejum de 8 horas.

Após sua realização é necessário tomar alguns cuidados, como evitar esforço e atividade física, não deitar de barriga para baixo nos próximos 30 dias, usar sutiã modelador durante 24 horas durante um mês, realizar um alimentação saudável, evitando a ingestão de doces e frituras.

Implante de mama

Uma técnica muito utilizada nos dias de hoje é a inserção de implante de mama, mais conhecido como prótese de silicone. Essa técnica é utilizada para alterar o tamanho, contorno e melhorar a simetria dos seios. Ela é indicada para mulheres que possuem pouca flacidez na mama, pois em casos mais graves pode haver um caimento.

Existem vários métodos de realizar essa cirurgia, as quais devem ser analisadas juntamente com o médico. A incisão pode variar entre: inframamário, incisão realizada na base do seio; axilar, é inserida por uma dobra natural localizada na axila, onde será direcionada até a mama e, por fim, areolar, sendo a incisão realizada pela aréola.

Para fazer a cirurgia será aplicada uma anestesia geral (ou local com sedação – varia de acordo com médico) e todo o procedimento levará em torno de uma hora. É importante realizar alguns procedimentos antes da operação, como hidratar a pele a fim de evitar estrias, não ingerir bebida alcoólica e suspender o uso de medicações de acordo com avaliação médica.

Depois do procedimento pode ser feita a hidratação da pele para evitar o aparecimento de estrias. Nas primeiras semanas é aconselhado dormir somente de barriga para cima. Exercícios físicos e esforço devem ser evitados nas primeiras semanas. É necessário o uso de protetor solar, principalmente na região da cicatriz, evitando marcas na região. Inchaço no local pode ocorrer, diminuindo durante as próximas semanas. Por fim, é necessário utilizar um sutiã cirúrgico por um período em torno de dois meses.

 

Como prevenir a flacidez nos seios ?

A flacidez dos seios é um processo natural conforme a idade avança. Vários fatores influenciam seu aparecimento, como a perda da resistência e elasticidade da pele por conta da diminuição de colágeno. Para amenizar esse processo, devem ser realizados alguns cuidados.

A exposição ao Sol pode degenerar as fibras da pele, acarretando a flacidez dos seios. Então é necessário a utilização de protetor solar acima do fator 30, diminuindo a exposição aos raios solares.

A escolha do sutiã deve se adequar ao tamanho dos seus seios, promovendo a sustentação e conforto. O sutiã correto deve encaixar perfeitamente nos seios e nas costas. É aconselhável o uso de sutiãs esportivos ao se exercitar, diminuindo a força exercida sobre as mamas.

Oscilações repentinas de peso podem ser prejudicais aos seios, pois podem provocar um processo de elasticidade da pele. Por isso é necessário manter uma alimentação saudável, evitando comidas ricas em açúcar e gordura, o ideal é fazer da balança a sua amiga para evitar a flacidez nos seios. A prática de exercícios físicos regulares também pode ajudar a fortificar a musculatura.

A postura também é muito importante. Além da má postura levar à dores nas costas e nos ombros, ela pode levar à flacidez dos seios. Mantenha sempre uma boa postura com as costas alinhadas, evite cruzar os ombros para frente, pois pode aumentar a força exercida sobre os seios.

Esse foi o nosso post de hoje. Comente aqui embaixo se você já fez algum procedimento nos seios ou se pretende fazer. Queremos muito saber a sua opinião sobre o assunto!