barra

Eu assisti a uma aula/palestra do Rabino Samy Pinto nessa semana que foi extremamente interessante, falando sobre como, às vezes, nós pais superestimamos o nosso poder de controle e influência sobre os filhos.

O nome da aula era “Os pais plantam, mas não regam”. Existe um limite do quanto os pais podem influenciar os filhos e o segredo é plantar bem. Por isso é tão importante a primeira infância, dar bons exemplos e escolher bem os lugares que vão regar as crianças. Escola, atividades extracurriculares, faculdade, todas essas decisões vão ter um impacto direto sobre que tipo de adulto essa pessoa vai virar, afinal, logo ela passará mais tempo nesses lugares do que com vocês pais.

Vai chegar um momento em que as amizades vão pesar mais do que a família e por isso é sempre bom “calcular os riscos” e colocar os filhos em lugares onde as instituições e frequentadores tenham valores parecidos com os seus.

É claro que existem outros fatores como um pouco de sorte e muitas vezes é possível ajudar a corrigir rumos, mas é extremamente importante que os pais entendam que nem sempre conseguirão a qualquer momento assumir as rédeas e levar os filhos para onde querem, por isso é tão importante um cuidado especial nas decisões sobre quem vai regar seu filho junto com você.