barra

Essa é uma dúvida frequente no consultório, especialmente para um nefrologista. Então vamos desmistificar alguns pontos:

Qual a diferença entre água com e sem gás? Faz mal? Devemos evitar?

Água com gás nada mais é que a própria água sem gás, adicionada de CO2. Os outros componentes NÃO mudam em nada.

Entretanto valem algumas considerações:

  1. Existe diferença entre água naturalmente gaseificada, que é encontrada em aquíferos aquecidos pelo calor intenso do magma, em regiões em que já houve atividade vulcânica e a água em que o gás é inserido artificialmente. Esse último, é o que mais encontramos em prateleiras de supermercados, e como auto explicativo, o CO2 é adicionado à água.
  2. A quantidade de minerais varia de acordo com a MARCA e não pelo fato de se ter ou não gás na água.
  3. O gás em excesso pode irritar a mucosa do estômago, gerando um desconforto gástrico.
  4. Por outro lado, pode ser uma opção para aqueles que ainda hoje tomam muito refrigerante e pouca á A água gaseificada é certamente uma alternativa mais saudável.

 

Minha recomendação? Usem o bom senso. Não exagerem e ainda prefiram a água sem gás. Cerca de 2L por dia (para detalhes nesse sentido vejam meu outro post: Hidratação) e uma dica preciosa está aqui: aprendam a olhar rótulos! A quantidade de minerais e principalmente de sódio (sal) não varia se a água tem ou não gás, MAS varia de acordo com a MARCA da água! Prefiram sempre as que têm menos sódio! Sua saúde certamente agradece!