barra

A Osteoporose é uma condição metabólica que se caracteriza pela diminuição progressiva da densidade óssea. O osso torna-se poroso e muito fraco, a ponto de não suportar nenhum trauma ou esforço por menor que seja. Muitas vezes, a osteoporose é uma condição relacionada com o envelhecimento, mas atinge especialmente as mulheres no pós menopausa devido, principalmente, à queda na produção do estrógeno.

Como então prevenirmos a Osteoporose? É possível?
Sabemos que Osteoporose tem tudo a ver com cálcio e cálcio com vitamina D. Portanto, um dos caminhos na prevenção é uma dieta equilibrada desde a infância rica em cálcio e a manutenção de um nível adequado de vitamina D no sangue, o que obtemos através da exposição da pele ao sol, com os cuidados necessários. Em alguns pacientes a exposição é por vários motivos insuficiente e nesses casos acabamos repondo a vitamina D através de suplementos.

Outro ponto importante é a realização de exercícios físicos, principalmente exercícios de alto impacto e com carga. Esses exercícios aumentam a dureza dos ossos, diminuindo o risco de osteopenia e osteoporose. Mais uma função importante do exercício físico para saúde!

Não fumar também é uma forma de prevenção importante, não só no fortalecimento dos ossos como em diversos aspectos de nossa saúde.

Nos pacientes com insuficiência renal é tudo mais complexo: existe o que chamamos de doença mineral óssea relacionada à doença renal crônica e pode estar associada à osteoporose. Esses pacientes têm maior risco de fratura pela condição em que estão com os rins menos funcionantes. Esse risco é muito maior do que na população geral com osteoporose mas sem doença renal. Esse aspecto de doença óssea na insuficiência renal deve ser bem avaliado pelo médico nefrologista, que irá instituir um tratamento mais específico caso a caso.

E você? O que está fazendo para prevenção de osteoporose? Já tinha pensado nisso?