barra

De acordo com recomendações da American Academy of Sleep Medicine, AASM, Academia Americana de Medicina do Sono, segue a tabela de horas de sono em um período de 24 horas para uma saúde ideal, para diferentes faixas etárias:

De 4 a 12 meses de idade: de 12 a 16 horas diárias (incluindo sonecas);

Entre 1 e 2 anos: 11 a 14 horas (incluindo cochilos);

De 3 a 5 anos: 10 a 13 horas (incluindo cochilos);

Entre 6 e 12 anos: 9 a 12 horas diárias;

Entre 13 e 18 anos: de 8 a 10 horas diariamente.

Caso não cumpram esta carga horária recomendada, também aumenta o risco de acidentes, lesões, hipertensão, obesidade, diabetes e depressão.

Em 2012, a Associação Médica Americana emitiu uma nota relatando preocupação com o ALAN (artificial light at night, luz artificial à noite), como fator de risco para alterações de humor e outras doenças, como neoplasias e obesidade.

Sono é um fator chave para o desenvolvimento de transtornos mentais. É fundamental para o funcionamento do sistema nervoso central, ocupando um terço de nossas vidas.

O sono pode ser um dos principais marcadores do funcionamento cerebral e da saúde mental.

Da mesma forma, o sono adequado na infância é fundamental para um bom funcionamento mental e cognitivo.

Potencial associação de sono com função de uma parte do sistema
nervoso central denominado de lobo frontal, especialmente na primeira
infância, quando o cérebro apresenta plasticidade dinâmica, ou seja,
mudanças estruturais neurológicas.

Alterações de sono precoces podem estar relacionadas a sintomas
psicopatológicos futuros.

Ou seja, o sono é fundamental para nossa saúde física e mental.

 

DANIELLE HERSZENHORN ADMONI

CRM 101404 SP

@psiquiatra_danielle