barra

Fomos ao Farol Santander no último final de semana e amamos a experiência! Já tínhamos ido com meu filho (5 anos) ano passado na exposição da Tarsila e valeu a pena repetir. Desta vez, foi a estreia da minha caçula (1 ano) e foi um sucesso! Vale dizer que nos banheiros tem trocador para bebês.  Fomos de carro e paramos em um estacionamento bem próximo (R$30) achei que valeu a pena! Os dois aproveitaram muito o passeio. Na pandemia estão funcionando com capacidade reduzida. Fomos no final de semana que é mais cheio, mas estava bem ok, sem tumulto. Quem puder ir durante a semana é sempre mais tranquilo.

 

Minha sugestão é começar pelo Mirante e ir descendo.

 

  • Mirante e cafeteria (26º andar)  – Vista maravilhosa de SP e a cafeteria é bem gostosa.

 

 

 

  • As maravilhas de Miró (24º andar) –  foi a nossa preferida. Tecnológica, interativa, repleta de cores e luzes! Meus filhos piraram, mesmo com idades tão distantes os dois foram contemplados! Até 15/8.

 

 

  • Floresta de números (23º andar) – instalação da artista francesa Emanuelle Moureau. Vale uma visita rápida, os mais de 15 mil números impressionam, mas deixam a desejar no quesito interação, visto que não podem ser tocados. De qualquer forma, a experiência visual é muito interessante. Até 20/6.

 

  • Ex-finito (22º andar) – labirinto de luzes, cores e espelhos que provocam efeitos visuais e ilusões, de Ivan Navarro, até 20/6 .

  • Arte da Moda – histórias criativas (20º e 19º andar) – Essa foi a exposição que menos ficamos. Minha filha já estava ficando cansada e escolhi não priorizar essa parte, por ter menos atrativos para os pequenos, mas vale destacar que tem uma parede imantada bastante interessante para os visitantes criarem looks.

 

  • Vista 360º de Vik Muniz (4º andar) – já conhecia e valeu a pena ver de novo! Amo o trabalho do Vik Muniz, as composições feitas de materiais inusitados enganam o olhar de quem vê. Esse trabalho foi feito na inauguração do Farol Santander em 2018, o convite foi lançar um novo olhar sobre São Paulo. Trata-se de uma instalação fotográfica que reconstrói a vista da cidade em 360º. O diferencial e inusitado aqui é que o artista utiliza cerca de 4 toneladas de material reciclado, retirado do próprio edifício durante sua restauração. É surpreendente!

 

  • 2º andar – tem um vídeo curtinho sobre o edifício em uma sala espelhada que também vale a pena!

 

 

Farol Santander

Rua Brícola, 24, Centro.

 

Ingresso R$ 25 inteira e R& 12,50 meia. Clintes Santander tem um pequeno desconto.

Venda através do aplicativo Sympla. Vi gente tentando comprar na hora e não tinha mais ingresso!

– Crianças até 2 anos e 11 meses não pagam.

Horário de funcionamento:

Terça-feira à Domingo – das 9:00 às 20:00, mediante agendamento.

 

Thatiane Kaufman Secemski | Psicóloga, pedagoga e mãe do Marc e da Maya. Possui um Instagram para compartilhar experiências, dicas, passeios e leituras: @paiscientes.