barra

A Drunk Elephant chega ao Brasil no dia 07 de Outubro, e já me deixou morrendo de vontade de, finalmente, testar alguns produtos. Se você ainda não conhece a Drunk Elephant, continue lendo esse post. Aposto que você também vai ficar com vontade de experimentar os produtos.

O começo da marca

Tiffany Masterson, uma dona de casa e mãe de quatro filhos (!!!), fundou a Drunk Elephant em 2012. A Drunk Elephant é uma marca americana que tem uma pegada bem inovadora e despojada, a começar pelo nome (a tradução do nome é elefante embriagado). As embalagens também chegaram chamando a atenção, bem coloridas e suas fórmulas bem inovadoras.

Drunk Elephant Brasil

A história da marca é muito interessante, já que nasceu de uma pesquisa individual da sua fundadora sobre os ingredientes presentes nos cométicos e os efeitos que eles tinham na pele.

Depois de muito pesquisar, Tiffany listou 6 itens que estavam diretamente relacionados com os problemas que ela encontrava nos produtos do mercado. Foi então aí que ela procurou ajuda de um químico, e desenvolveu produtos sem os  “Suspicious 6”.

E o que são Suspicious 6?  é como ela chama esses 6 itens que não são usados de jeito nenhum pela Drunk Elephant. Entre eles, estão os óleos essenciais, álcoois secantes, silicones, protetores solares químicos, fragrâncias / corantes e lauril sulfato de sódio.

Em Outubro de 2019, a Shiseido, famosa empresa japonesa, comprou a Drunk Elephant por US$ 845 milhões. No ano seguinte, o portfólio da marca aumentou, lançando seus primeiros produtos de cuidados com a pele do corpo e com o cabelo.

 

Drunk elephant no Brasil

Em outubro desse ano, a marca chega ao Brasil.. A Sephora será a responsável exclusiva pelas vendas, que começam dia 7 na loja online e dia 14 nas lojas físicas. Porém, o portfólio não chega completo, e terá com 27 produtos de skincare “biocompatíveis” com a pele do rosto, do corpo e do couro cabeludo.

Mas porque não chega completo? Alguns produtos ainda estão aguardando aprovação da ANVISA, como por exemplo os protetores solares; enquanto outros já foram barrados pela alta concentração de ativos como retinol, AHAs e BHAs.

Eu já quero muito testar alguns produtos, como o Beste No 9 Jelly Cleanser (um limpador facial), e o novo C-Firma Day Serum, com 15% de vitamina C, que foi lançado mundialmente esse mês.

Compartilhe