barra

Férias chegando e para quem gosta de roadtrip ou do Sul, aqui um roteiro bem legal para ir com a criançada! De São Paulo a Gramado, com paradas em Balneário Camboriú e Florianópolis.

Fizemos este roteiro com dois bebês em maio, que na época tinham 6 meses e 1 ano e 11 meses. O objetivo final era Gramado mas dividimos cada perna em outra mini viagem. Nossa road trip de São Paulo a Gramado ficou assim: na ida ficamos 3 dias em Balneário Camboriú e na volta mais 3 dias em Florianópolis.

 

Dia 1 – Estrada São Paulo – Balneário Camboriú

BR 116 e BR 101

Pausa: Resende

Almoço: Entorno de Curitiba ou São José dos Pinhais ou restaurantes de loja da Havan

 

Dia 2 – Balneário Camboriú

­Beto Carrero

Quase não precisaria de legendas. Sugestão, tente comprar passaporte para dois dias para realmente aproveitar cada brinquedo. O Hot Wheels é parada obrigatória mas é pago à parte. Vale muito a pena, nossos dois bebês não se incomodaram com a barulheira provocada pelo ronco dos motores, mas pode ser que outras crianças não curtam. Outra dica: no dia do aniversário, o ingresso ao parque é grátis!

Almoço: dentro do parque tem a vila germânica e uma praça de alimentação

Jantar: Chaplin na orla: esqueceram nosso pedido, e depois de 1 hora nos enrolando, fomos embora sem comer. Ambiente bonito, na frente da praia, pena que não deu certo.

 

Dia  3 – Balneário Camboriú

­Bondinho: famoso em BC há décadas, tem acesso pela praia de Laranjeiras. E tem uma trilha que leva à Casa do chocolate, que já é um esquenta para as bebidas e doces enlouquecidos de Gramado. Yummmy.

Praia de laranjeiras

Almoço: restaurantes na praia

­Roda Gigante, a maior da América Latina com uma das vistas mais lindas de BC.

São Paulo a Gramado

Jantar: ­ Baobá, restaurante maravilhoso.

 

Dia 4 – Estrada Balneário Camboriú – Gramado

BR 101 e Rota do Sol (apesar de dizerem que se tiver sol, a vista por esta rota é bonita, nós a pegamos à noite, com cerração, muitas curvas, pista simples, caminhões e poucos pontos de parada/suporte tais como postos, restaurantes e comércios, o que nos fez reduzir bastante o tempo).

Almoço: ­Engenho (a 1 hora de Floripa, indo pra Tubarão, com mini fazendinha, lojas, banheiros bem equipados) ou outras opções são os restaurantes dentro de uma loja Havan como a Parada Havan de Barra Velha (primeira e maior de todas).

 

Dia 5 – Gramado

Almoço: ­Hotel Ritta Höppner (do mesmo fundador do Parque Mini Mundo).  Restaurante muito elegante.

Mundo do Chocolate

Lojas do centro de Gramado

Jantar: Hard Rock Café

 

Dia 6 – Canela

Almoço: ­Restaurante Pampas no Hotel Fazenda de Canela. Gostamos tanto que voltamos lá outras duas vezes. Buffet gigante com muita comida gaúcha e decoração de fazenda típico do sul.

­Mundo a Vapor (uma verdadeira aula de física, química e história). Logo na fachada, um trem caído, instagramável)

­Big Land (eu amei! Parque com brinquedos dos anos 80 e 90 em tamanho gigante. Tem de atari a 60 segundos, passando pela pescaria, pula macaco e mesa de operações). Na saída, tem uma lojinha e eles mandam os brinquedos para todo país, pra quem não conseguir comprar no dia.

 

São Paulo a Gramado

São Paulo a Gramado

Jantar: ­Vagão de trem do Férreo Restaurante (experiência que foi uma grata surpresa, o vagão é charmoso e nosso filho se divertiu dentro do trem).

 

Dia  7 – Gramado

Almoço: Hotel Fioreze Primo

­Mini Mundo, também dispensaria comentários para quem já ouviu falar mas uma dica é contratar serviço de fotografo para fazer registros divertidos e únicos como se você fizesse parte dos mini cenários.

São Paulo a Gramado

Jantar: Rodízio de fondue no Tomasini que ganhamos por nos hospedarmos na rede Fioreze/

 

Dia 8 – Passeio de Maria Fumaça

Por preferir não dirigir pelas cidades e até uma das estações da Maria Fumaça, resolvemos comprar o passeio por agência e incluía paradas desnecessárias (pegadinhas). As paradas foram: vinícola com degustação de vinho às 8h (!!!), malharia (desnecessário conhecer a fábrica), loja pequena de chocolates, Loja de fábrica da Tramontina.

Almoço: Cantina delVanucci em Garibaldo

Jantar: delivery da pizzaria Cara de Mau

 

Dia 9 – Canela e Gramado

Catedral de Pedra

Almoço­: Cervejaria Farol

Aldeia do Papai Noel (não tem absolutamente nada pra fazer. Não tem papai noel nem duendes para interagir, sem brinquedos, simulação de neve).

­Prawer loja Conceito no centro de Gramado

Jantar:­ Cara de Mau Pizzaria

São Paulo a Gramado

 

Dia 10 – Canela e Gramado

Florybal

São Paulo a Gramado

Almoço: Restaurante Pampas dentro do Hotel Fazenda de Canela

Dia 11 – Estrada Gramado – Floripa

BR 101

Almoço: Restaurantes de loja da Havan

 

 

Dia 12 – Floripa

Passeio por Cacupé, Santo Antônio de Lisboa,

Almoço: ­Positano Diamond dentro do Hotel Il Campanario em Jurerê Internacional

Passeio nos bairros de Santa Mônica e Anchieta (onde passei minha infância), Shopping Iguatemi
Jantar: ­Lorenzzos’ Pizzaria (Cacupé), com uma boa brinquedoteca e onde as crianças põem a mão na massa literalmente, fazendo sua própria pizza!!!!

 

Dia 13 – Floripa

Morro da Cruz

Almoço: ­Ostradamus em Ribeirão da Ilha. O colorido vibrante desta praia alia-se à construção e arquitetura do restaurante em cima de um trapiche, proporcionando um belo dia ou fim de tarde.

São Paulo a Gramado

Outra sugestão de almoço: bar do Arantes no Pântano do Sul famoso pelos zilhões de recados deixados pelos clientes, metade famosos, e pregados nas paredes.

Jantar: Lorenzzos’ Pizzaria (Cacupé)

 

Dia 14 – Estrada Floripa = São Paulo

BR 116 e BR 101

Pausa: Resende

Almoço: Entorno de Joinville ou restaurantes de loja da Havan próximo de Joiville

E essa foi nossa road trip de São Paulo a Gramado.

 

Lílian Schreiner Módolo | Doutora e mestra em Administração pela USP, professora universitária e de pós-graduação e empresária. Autora de livros e de artigos científicos. Esposa do Luiz Augusto e mãe festeira do Theo, da Maya e do cachorrinho Bolt.

Compartilhe