barra

Um dos cremes mais antigos do mercado, senão o mais, o Creme Hidratante Nivea de Lata carrega mais de 100 anos de história. E nesse post fiz uma resenha sobre o que achei dele. Apesar de sempre ouvir falar bem dele, nunca tinha tido vontade de comprar. Mas a marca lançou uma edição especial para o orgulho LGBTQIA+, toda colorida. Amei e fui comprar.

creme nivea lata

Como tinha comprado, bora testar né? Ele é super grosso, e jamais o usaria no rosto. Usei algumas poucas vezes para hidratar minhas mãos e cuticulas antes de dormir. Por ser bem grosso, a melhor opção é ser antes de dormir pra não melecar tudo.

Ele pode ser usado em qualquer parte do corpo, mas a marca indica principalmente para as mais ressecadas como pés, joelhos e cotovelos. Ele é muito usado na Europa, porque lá o frio é intenso e a pele fica muito mais ressecada do que com o frio daqui.

creme nivea lata

Agora, se olharmos para os componentes do Creme Nivea de Lata, talvez ele não seja lá muito interessante. Ele possui muitos ingredientes derivados do petróleo, que ao invés de nutrir de fato a pele, fazer uma camada na epiderme que engana e dá a sensação de hidratação. Fórmulas com petrolatos criam uma camada na pele que impede  absorção de outros ativos.

Talvez, antigamente, quando ele foi lançado, era uma tecnologia de ponta.Porém, hoje temos diversos produtos melhores para a hidratação real da nossa pele, como o Moisture Surge da Clinique que eu amo e uso no rosto. E a óleo para cuticulas da L’occitane. Mas, como eu amei a latinha, vou encontrar outro uso pra ela!

Querem saber mais sobre os cosméticos concientes? Acesse esse post nosso.

Compartilhe